Café...tudo de bom!

31.12.10

Despede-se o ano velho....


Pernas trôpegas,cansado,ele se arrasta com dificuldade na doce intenção de passar o bastão para o Ano Novo que está se aproximando.A sua face é pura melancolia! Não consegue entender porque lhe culpam dos sonhos que não se realizaram, das vidas que foram ceifadas pela incúria de muitos e por tudo que aconteceu de errado nas suas entranhas. 

Sou apenas um punhado de dias! fala com energia e laivos de melancolia na voz.Como poderia fazer o que não me compete? repete de si para si...

Daí em diante desfia o rosário de um monólogo surreal e quase interminável!

Sou dias...apenas dias que se sucedem e se preenchem com a diversidade infinita das ações humanas.Não posso oferecer poções mágicas aos incautos que não souberam aproveitar as oportunidades e dilapidaram-me com a inutilidade das horas vazias.

Sei que muitos falarão mal de mim e dirão que fui um "ano ruim", mas eu sei que não fui, não sou e jamais serei ruim. Sou apenas e tão somente,um punhado de dias!

Quantas vezes observei a insensatez humana a olhar-me com desdém como se eu fosse retornável após despencar-me no poço da eternidade; quantos falaram que estavam aproveitando-me enquanto se empanturravam de ações que malbaratam a vida e conduz o homem ao tédio e à solidão? 

Ah! insensatos seres humanos...Agora se perdem em elucubrações de arrependimento por não me terem valorizado devidamente e choram lágrimas que deveriam estar guardadas nos seus relicários.

Despeço-me de vocês, devagarinho...dando-lhes a oportunidade de repensarem atitudes e se prepararem para acolherem o meu irmão mais novo que está chegando...

Abracem-no, fortemente, beijem a sua face juvenil e rosada e derramem aos seus ouvidos as suas intenções a fim de que toda a Natureza conspire em favor das suas realizações.

Sejam felizes na companhia de um punhado de dias jovens,cheios de energia,capazes de derrotar o pessimismo e a descrença,bastando para isto que se entreguem,de corpo e alma à deliciosa tarefa da Arte de Viver!

bjs,soninha
Postar um comentário