Café...tudo de bom!

24.3.11

Canto ao Japão!

 
CANTO AO JAPÃO!


Neste Dia da Poesia
Os versos se esconderam
Chamei-os em cada canto
Eles não me responderam
Será que estão magoados
Ou, deveras, preocupados
Co'os fatos que aconteceram?!

No Japão, louca tragédia
Dizimando tanta vida
Deixou no seio da terra
Uma cruenta ferida
Que não vai cicatrizar
Nem mesmo se o tempo passar
- Dor que mata, sem guarida!

O mundou calou sua voz
O poeta emudeceu
O seu coração chorou
De tanta dor que doeu
No seu peito arrebentado
Vendo um povo mutilado
- Triste flor que emurcheceu.

Oh! Japão das cerejeiras
Da vasta tecnologia
Inteligência brilhante
É a bússola que lhe guia
Olvidou que a Natureza
Relicário de beleza
É quem rege o dia-a-dia

Debruçado sobre a dor
O mundo inteiro enlutado
Chora vidas que se foram
D'um povo que foi dizimado
Por um fragor natural
Isento de todo mal
Porque por Deus,foi criado!

- E o poeta,aparvalhado!

Nosso pesar às vítimas do Japão e que nosso
Maravilhoso Deus possa acalmar todas as dores.

bjs,soninha

Postar um comentário