Café...tudo de bom!

15.4.11

As Cores da Infância




Hoje acordei meio ansiosa por conta de um monte de coisas que eu teria que realizar e, na minha mente, o tempo não me seria favorável.Então eu me recordei da época em que ainda era criança e  tais  preocupações não me angustiavam desta maneira tão cruel,e senti saudades da minha infância, da minha doce e terna infância.

Tentei encontrar pontos negativos que pudessem estar ainda vagando por ali e não os encontrei. Vislumbrei apenas a alegria de uma vida simples em família, pais que sabiam e nos ensinavam a valorizarmos as pequeninas coisas e a agradecermos a Deus por todas elas.

No meio das lembranças eu senti a presença de Deus a me apontar alguns pincéis e tintas, e eu fiquei sem entender o que aquilo significava. Não falei com pessoa alguma, porque aquilo era entre mim e as minhas lembranças. Pensei, pensei muito e cheguei à conclusão que os pincéis e as tintas estavam relacionados com a minha infância, elas simbolizavam a alegria natural que harmonizava a minha vida.. 

Eles eram a ponte entre lá e cá!

Entendi que eu devo estar sempre disponível a trazer de lá para cá o que me faz feliz e  pincelar na minha vida através de cores esfuziantes, claras e alegre, e o fato da infância ter passado não significa que a garotinha que há em mim, deva morrer assassinada pelo meu descaso. Claro que não vou sair por aí dando pulinhos de "piriguetes", mas posso cultivar a alegria, a esperança, a doçura, a sinceridade e algumas outras qualidades que eram tão vivazes quando na infância e que eu permiti que se desbotassem.

Assim somos nós!

Ora crianças, ora adultos, ora idosos, mas em qualquer fase levamos sempre conosco um ser infantil que jamais morrerá ainda que o mundo nos seja adverso. Esta criança é quem nos liberta das mazelas adultas e nos impulsiona à maturidade da alma e ela é igual a todas as demais crianças, gosta de pintar. Dê para ela, pincéis e diversas tintas e você será outra pessoa, bem mais alegre e mais colorida...


BOLAGEM COLETIVA
FASES DA VIDA: INFÂNCIA


bjs,soninha


Postar um comentário