Café...tudo de bom!

1.4.11

Não puxe o braço,segure a mão com carinho...



 
NÃO PUXE O BRAÇO...

Inúmeras ocasiões escutei os mais idosos falando: "fulano é assim mesmo, a gente dá a mão ele já quer todo o braço".

Matutava na minha santa inocência infantil o que viria a ser aquilo? Até pensei que a pessoa ao tocar a mão de outra a puxava a fim de derrubá-la. rs.coisas de criança!Ficava,então ,pelos cantos com muito medo daquela que gostava não só da mão como do braç
o inteiro. Arrepiava quando a via e me segurava  para não lhe estender a mão e vir a perder o meu braço.

O tempo passa, a tecnologia avança em todos os sentidos mas a essência humana muda muito pouco. Anos e anos se passaram e ainda existem pessoas que gostam de abusar da boa vontade do outro.

Acontece!

Pessoas às quais estendemos a mão na hora sofrida e elas usam e abusam .Não se contentam com o gesto do momento buscando nele a força para seguirem adiante com as suas próprias pernas, querem sempre mais. Se acomodam  não abandonam a arte de lamentar e almejam decepar algum braço que esteja disponível pois a mão,por si só,não lhes é suficiente.

Precisamos desenvolver a capacidade de enxergar a alma e os sentimentos destas aves de rapina que se aproximam de nós com a doentia intenção de se tornarem pessoas-parasitas.

Quando alguém se aproximar de você e você perceber que ela não está querendo apenas a sua mão, advirta-a:não puxe o meu braço!

Se você se deixar levar, ambos poderão tombar ao mesmo tempo surgindo uma nova carência: a de uma outra mão!


bjs,soninha



Postar um comentário