Café...tudo de bom!

18.5.11

Dia Nacional da Luta Antimanicomial - Evento nacional Brasil


A Lei Paulo Delgado sancionada no Brasil em 2001, redireciona a assistência em saúde mental, privilegiando o oferecimento de tratamento em serviços de base comunitária, dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas com transtornos mentais, mas não institui mecanismos claros para a progressiva extinção dos manicômios.
Sabemos que a manifestação da loucura no seio duma família causa desarrumação e desestruturação em toda ela e requer dos seus membros uma atitude dinâmica e participativa no sentido de lutar veementemente contra o isolamento e confinamento do doente, entre as paredes frias e despersonalizadas dos manicômios. 
Não é fácil conciliar a vida que transcorria "normal" com uma nova vida mesclada por nuances que muitas vezes não sabemos como lidar. Faz-se mister, pois, que os integrantes familiares se mobilizem no sentido de conhecerem e aprenderem sobre a patologia e os recursos que dispõem para lidarem com as novas situações em questão.

O Amor ainda é, um dos mais eficazes e eficientes medicamentos utilizados no tratamento a curto e longo prazo. Quando bem administrado poderá aparentar não estar sendo bem recebido pelo paciente em questão e até mesmo suscitar dúvidas a respeito da sua eficácia mas, uma coisa é certa, ele conduzirá a família em clima de harmonia e aceitação, criando assim a atmosfera necessária ao tratamento em curso daquele que está a necessitá-lo.

Amem os seus familiares e amigos esquizofrênicos inda que eles se tornem agressivos e supostamente maus.Não carece que se exponham aos riscos com os quais não saibam e nem possam lidar, mas o amor é força que rompe barreiras e atinge o seu alvo mesmo a quilômetros e quilômetros de distância.

Não ignore, não abandone, não rejeite nem se envergonhe. Apenas Ame-o e aceite-o como parte de um  projeto de crescimento de vida.

Amar, aceitar e cuidar daquele que, no seio da nossa família, seguiu pelos caminhos da "loucura", é aceitar a lição de vida que Deus nos apresenta como candidatos que somos, todos nós, à evolução.

Hoje, são eles...amanhã quem será?!

abçs, soninha

Postar um comentário