Café...tudo de bom!

1.5.12

O TRABALHO-ORAÇÃO


Não olvides que o Criador atende igualmente à criação por intermédio das Criaturas!...

Por isso mesmo, a oração de alma para alma é serviço que não nos cabe esquecer.

Tudo na vida reage segundo o nosso modo de agir.

Cada qual de nós, em razão disso, vive cercado pelo retorno das vibrações que emitiu, na mecânica ondulatória de nossa exteriorização espiritual.

Recordemo-nos de que todos os nossos pensamentos e atitudes, na força das palavras e dos atos de cada dia, constituem apelos que endereçamos aos que nos cercam.

A prestação de um serviço por mais humilde, sem a expectativa de retribuição, é reserva de simpatia.

A frase que estimula o bem gera alegrias imorredouras.

O sorriso espontâneo recebe a confiança e o carinho.

O esquecimento das faltas alheias enriquece a compreensão ao redor de nós.

O otimismo invoca, em nosso auxílio, as energias invisíveis da renovação e da paz.

O fiel cumprimento dos nossos deveres estabelece, ao nosso lado, a prosperidade e a segurança.

O trabalho desinteressado e constante é o melhor tipo de oração, de espírito para espírito e, sem dúvida, representa uma escada viva pela qual o socorro divino pode descer facilmente da Vida Mais Alta, em nosso favor.

Ninguém conseguirá testemunhar amor a Deus sem amor para com os outros.

Entre nosso Pai e nós, permanece ele, nosso irmão. O próximo é o degrau de acesso ao Senhor da Vida.

Não nos despreocupemos de nossa comunhão espiritual com os Gênios Divinos que nos regem a evolução, mas estejamos atentos ao serviço que devemos aos nossos semelhantes, de vez que, somente pela paz da reta consciência é que poderemos entesourar em nós a Paz Celestial.


XAVIER, Francisco Cândido. 
A Verdade Responde. 
Pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz.
 IDEAL

Paz a todos...

Postar um comentário