Café...tudo de bom!

11.5.12

Onde Depositas a Tua Fé?


"Porque eu vô-lo digo em verdade:se tivésseis fé como um grão de mostarda,diríeis a esta montanha:Transporta-te daqui para ali,e ela se transportaria,e nada vos seria impossível."
São Mateus,cap XVII,v de 14 a 20.

Estas palavras foram pronunciadas por Jesus Cristo logo após realizar a cura de um menino lunático, cujo pai fora procurá-lo e,lançando-se aos seus pés rogou pela saúde do filho,já que havia solicitado aos seus discípulos e eles não haviam conseguido realizá-la. 

A fé é, realmente, algo subjetivo e controverso e não iremos, aqui, polemizar nem impor isto ou aquilo. O nosso intuito é fomentar uma reflexão em torno do assunto e, para isto eu me valho de um fato escabroso, ocorrido aqui,na nossa cidade.

Duas irmãs, foram à casa de um cidadão que se diz pai-de-santo,entendido dos assuntos espirituais e muito bem qualificado para realizar mil e um tipos de procedimentos deste cunho.(segundo ele).

As mulheres foram em busca de uma limpeza espiritual.Queriam que ele "abrisse os seus caminhos",(segundo uma delas),e se submeteram à mais cruel limpeza das suas vidas.

Foram lavadas com azeite de dendê (que nós usamos na culinária) esfregada com pipocas embebidas em álcool e,"acidentalmente",incendiadas. Uma delas foi levada às pressas para Salvador, a 360 km daqui onde veio a falecer,e a outra está internada com graves queimaduras.

O pai-de santo?! Foragido.

Claro que não nos compete julgar nem polemizar, mas o exemplo fica no ar a fim de que possamos pensar e repensar a nossa própria fé.

A fé não deve ser cega, e sim raciocinada.Não devemos crer porque nos disseram que é assim ou assado,mas porque tivemos o nosso livre arbítrio respeitado e,através do raciocínio lógico chegamos às nossas próprias conclusões.

Eu cheguei às minhas, vocês chegaram às suas e elas às delas.E eu pergunto:

E tu, onde depositas a tua fé?!

bjs,soninha
Postar um comentário