Café...tudo de bom!

3.6.13

Destaque: Marepe


Filho de Santo Antônio de Jesus, o artista plástico Marcos Reis Peixoto, conhecido como Marepe, aos 40 anos, tem alçado vôos levando seu trabalho pelo Brasil e até pelo mundo.

Marepe já expôs na 25ª Bienal de São Paulo (Brasil, 2002), no Museo del Barrio em New York (Estados Unidos, 2001), na Bienal de Pontevedra, em Pontevedra (Espanha, 2000), no Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, em Madrid (Espanha, 2000), participou da 2ª Bienal do Mercosul no Rio Grande do Sul (Brasil, 1999), da Latein-Amerika-Woche, em Badberlebuc (Alemanha, 1992) e da 50ª Bienal Internacional de Arte de Veneza.

Segundo ele, a inspiração para sua arte vem da própria família, da cidade, das pessoas que conheceu e de sua história, dedicando grande parte de suas obras a Santo Antônio de Jesus.

"Toda minha produção, desde 1988 até hoje foi feita em Santo Antônio, mesmo quando morava em Salvador", revelou ele.

Sobre seu trabalho 'O muro da São Luiz', Marepe admitiu ter sido o mais comentado na cidade. Para ele, o fato das pessoas poderem participar, vendo o processo de pintura, contribui para isso. Porém, o artista citou ainda outras de suas artes que admira: A Cabeça Tosca e Palmeira Doce.

Marepe informou ainda que está fazendo vários trabalhos novos, destacando dois: o Pé de Chuchu, que faz referencia à infância e Cama de Vento, que faz referência à cidade onde sua mãe nasceu Mairi, no sertão da Bahia.
































Postar um comentário